Home Notícias Unilever entra no mercado de pet care

Unilever entra no mercado de pet care

por Redação Private Label
0 comentário

A Unilever lança Cafuné, sua primeira marca de produtos para pets, trazendo um portfólio completo de produtos para higiene de cães e gatos e cuidados com a casa dos tutores. Cafuné é a primeira marca do mercado de Pet Care, 100% nacional, com produtos que trazem em sua composição extratos naturais, livres de parabenos e corantes ou silicones e ainda oferecem opções sem fragrância.

São três linhas desenvolvidas em parceria com veterinários, especialistas da Unilever, centros de inovação e certificação SEAC (Centro de Segurança e Garantia Ambiental), para garantir a segurança e qualidade dos produtos Unilever nessa nova marca para cães e gatos.

A linha de cuidados com os pets é composta por 4 tipos de xampus, 2 tipos de condicionadores e toalhas umedecidas. Há a linha de higiene do pet, formada por granulado sanitário e tapetes higiênicos, e uma linha de cuidados com o ambiente, com produtos de limpeza para a casa, formada por 3 tipos de desinfetantes, 2 de limpa-pisos, lava-louça sem fragrâncias, detergente multiuso em pó, e aromatizador de ambiente.

“Estudando a fundo esse mercado, encontramos a necessidade de oferecer algo raro no mercado de pet care no Brasil, produtos que respeitam os animais em sua essência. Sempre do jeito mais saudável e sustentável, com o menor impacto possível ao meio ambiente e criando momentos mais felizes e divertidos”, diz Eduardo Campanella, VP de Marketing da Unilever.

Em todas as embalagens, os tutores dos pets podem encontrar o contato de uma central de atendimento disponível 24h por dia para auxiliar em caso de dúvidas ou preocupações. Essa central conta com o suporte de profissionais, como enfermeiros e veterinários, para casos emergenciais, mostrando a preocupação da marca com o pet e o tutor.

O Brasil tem a segunda maior população de cães e gatos e conta com o segundo maior mercado do segmento pet no mundo, que em 2019 movimentou cerca de 35,4 bilhões de reais, de acordo com o Instituto Pet Brasil. A estimativa é que até 2030 o Brasil deva chegar a cerca de 101 milhões de cães e gatos.

Compartilhar

Você pode gostar

Deixar um comentário