Home Notícias Marcas próprias ganham força no Bretas

Marcas próprias ganham força no Bretas

por Redação Private Label
0 comentário

Apenas no último mês de abril, os alimentos de marca própria movimentaram R$ 420 milhões, o que representa 8,1% a mais do que no mesmo mês do ano passado. Outra novidade é a ampliação do público. Atraídos pelos preços atrativos e também pelo aprimoramento na qualidade observado nos últimos anos, o consumidor de maior renda têm incluído marcas próprias na cesta de compras. As informações são da Nielsen.

A projeção para 2020 da Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização (Abmapro) é otimista e, considerando todos os segmentos, indica um crescimento de 9,6% nas vendas, atingindo um faturamento de R$ 8 bilhões neste ano.

Segundo o estudo Estilos de Vida 2019 da Nielsen apenas 5% dos consumidores são fieis a marcas e produtos. E 64% optam por marcas devido ao baixo preço oferecido, mas estão dispostos a pagar mais por aqueles produtos que apresentam valor agregado claro. Além disso, 71% demonstram confiança em produtos de Marca Própria.

Bretas conta com uma linha com 250 produtos de marca própria

A rede de supermercado Bretas investiu na marca própria e conta com uma linha de produtos composta por mais de 250 itens, de 68 categorias como de mercearia, limpeza e bebidas, entre outros.

Os clientes são atraídos pelos itens de marca própria por conta da relação custo-benefício, já que eles mantêm qualidade equivalente quando comparados às marcas líderes. O valor dos produtos de marca própria chega a ser 15% mais barato do que os das marcas tradicionais. Alejandro Arruiz, diretor geral do Bretas, ressalta que além do preço, o consumidor sempre busca por qualidade, e o objetivo é tornar a marca própria Bretas uma linha de confiança.

“Queremos ser a primeira opção de compra todos os dias para os nossos clientes, portanto, para fidelizarmos, criamos uma linha pautada na qualidade. Afinal, dentre as inúmeras opções disponíveis nas prateleiras, o cliente escolher pela marca própria, se traduz em uma relação de confiança. O mix vai do básico ao sofisticado e atende às diferentes necessidades das famílias”, afirma o executivo.

Todos os produtos são resultado de parcerias com fábricas espalhadas pelo país e pelo mundo. Os itens são submetidos a rigorosos critérios de qualidade até chegar ao ponto de venda. “Para a seleção de produtos e fornecedores fazemos painéis sensoriais com colaboradores internos treinados especificamente para essa atividade”, explica.

“Realizamos grandes negociações e temos a projeção de vendas do ano. Desta forma, conseguimos melhorar a margem, reduzir os custos operacionais e garantir preços competitivos. Quem sai ganhando é o bolso do cliente, que leva para casa produtos que apresentem os atributos de qualidade desejados na hora da compra”, pontua Arruiz.

O portfólio é bem amplo, e conta com arroz, massas, feijão, temperos, biscoitos, café, batata congelada, suco de uva, amaciante de roupas, sabão líquido e em pó, sabão para lava-louças, sabão em barra, entre outros. Mas o destaque neste ano nas vendas é a água de coco Bretas, que representa 80% das vendas da categoria.

Fonte: Newtrade
Compartilhar

Você pode gostar

Deixar um comentário