GPA (PCAR3): e-commerce é o ‘novo normal’ e cresce 82% no 1TRI20

por Redação Private Label
0 comentário

Crédito: GPA (GPAR3): e-commerce é o ‘novo normal’ e cresce 82% no 1tri2020

O Grupo Pão de Açúcar (GPAR3) reportou queda de 4% no lucro líquido do primeiro trimestre de 2020, mas as vendas subiram, puxadas pelo e-commerce que cresceu 82% no período.

A alta é referente a todas as modalidades de entrega do grupo, o que faz com que o segmento seja, segundo os executivos, o “novo normal”.

CEO do GPA, Peter Estermann reforçou que as vendas online já representam 3% das vendas do multivarejo e 7% do Pão de Açúcar.

“Esses resultados fizeram o grupo retomar a liderança no varejo alimentar”, destacou, em referência às marcas como Assaí, Extra, Pão de Açúcar e suas operações físicas e digitais.

Segundo ele, a receita bruta consolidada cresceu 56,5% a R$ 21,6 bilhões no período, um crescimento acima da concorrência.

“As marcas próprias já representam 14% das vendas do Multivarejo e nossa meta é atingir 20% este ano”, frisou.

Pra ele, as estratégias bem delineadas de todas as unidades fizeram a margem bruta consolidada do GPA crescer 21% no trimestre.

De acordo com o balanço, o prejuízo líquido dos acionistas controladores de R$ 130 milhões foi impactado pela maior depreciação com incorporação do grupo Êxito.

Já o lucro líquido dos acionistas controladores ajustado totalizou R$ 65 milhões.

Os executivos do GPA conversaram com analistas na manhã desta quinta-feira (14) em teleconferência.

GPA (GPAR3): Assaí em alta

De acordo com os executivos, as vendas totais do atacadista Assaí aumentaram 23,8% no primeiro trimestre do ano.

Segundo os gestores, o atacarejo é mais resistente em cenários de crise em relação a seus pares, como supermercados e hipermercados convencionais.

Presidente-executivo do Assaí, Belmiro Gomes destacou que o fluxo nas lojas caiu, mas o ticket médio aumentou, cobrindo a diminuição de clientes nas unidades.

Por conta dos resultados desse período, ele diz acreditar que o Assaí continuará crescendo em torno de 20% no segundo trimestre do ano.

Ele lembrou que o Assaí também é um dos grandes vendedores de embalagens do segmento, “No primeiro trimestre, vendemos mais de um milhão de caixas de pizza”, frisou.

Segundo Gomes, o formato do Assaí é extremamente resiliente e de baixo custo operacional.

Veja o desempenho do PCAR3 na Bolsa:

Fonte: tradingview.

GPA: o grupo

Companhia Brasileira de Distribuição, fazendo negócios como GPA, é uma empresa de comércio varejista brasileira controlada pelo grupo francês Casino, dona de várias das principais marcas do setor no Brasil, sendo integrantes de seu portfólio negócios como o Pão de Açúcar, o Extra, o Compre Bem e o Assaí.

TÁ E AÍ?

Para o BB Investimentos, o GPA apresentou resultados mistos neste trimestre.

Apesar dos efeitos na receita de todas as divisões, em decorrência principalmente da pandemia do Covid-19, a companhia entregou margens inferiores.

Dado que a companhia segue focada no processo de recuperação da rentabilidade dessa divisão, que já apresentou alguma melhoria desde o último trimestre, bem como ao fato de ela ser uma das poucas companhias de varejo beneficiadas em um momento de restrições ao comércio, o BB mantém recomendação Outperform e preço-alvo de R$ 73,90.

Fonte: Eu quero investir

Você pode gostar

Deixar um comentário